Conecte-se conosco

Celebridades

Morgan Freeman é acusado de assédio sexual por oito mulheres

Publicado

em

Divulgação

[ATUALIZADA: 15h13] Em uma reportagem da rede de notícias CNN, uma assistente de produção de cinema acusou o ator Morgan Freeman de assédio sexual. O episódio aconteceu em 2015, durante as filmagens do longa-metragem Despedida em Grande Estilo.

Segundo a moça, ela tentava se esquivar das investidas do ator, mas ele era muito insistente. Foram toques indesejados e outras formas de assédio durante vários meses.

À CNN, ela contou que Freeman colocou as costas das mãos em sua perna. Em outro momento, ele levantou a saia da assistente e, depois, teria perguntado se ela estava usando calcinha.

Uma outra mulher, que trabalhou com Morgan Freeman nas filmagens de Now You See Me também disse, junto com uma outra assistente, ter sido vítima de assédio. Segundo contou, o ator fazia comentários sobre seus corpos.

Ao todo, a CNN ouviu outras 16 pessoas. Destas, oito relataram comportamento abuso do artista ou afirmaram terem sido vítimas de assédio.

Morgan Freeman se desculpa

Horas depois da reportagem da CNN, o ator Morgan Freeman emitiu um comunicando. No texto, ele reforça que jamais ofenderia ou deixaria alguém desconfortável propositalmente.

“Qualquer pessoa que me conhece ou trabalhou comigo sabe que não sou alguém que ofenderia propositalmente ou que deliberadamente fizesse alguém se sentir desconfortável. Peço desculpas a qualquer um que se sentiu desconfortável ou desrespeitado – essa nunca foi a minha intenção”, lê-se.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas