Justiça aceita denúncia contra Carlinhos Mendigo por LGBTfobia

A juíza Cecília Pinheiro da Fonseca, da 3ª Vara Criminal da Barra Funda, São Paulo, aceitou uma denúncia do Ministério Público contra o ex-integrante do ‘Pânico’, o humorista Carlinhos Mendigo. Ele é acusado do crime de LGBTfobia por publicações de vários posts nas redes sociais considerados ofensivos aos homossexuais e transgêneros. As informações são da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

A denúncia foi feita pelo suplente de deputado estadual e ativista LGBTI+, Agripino Magalhães, no ano passado, na 2ª Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Raciais e de Delitos de Intolerância (DECRAD), em São Paulo.

De acordo com a publicação, a delegada Daniela Branco foi quem conduziu as investigações e indiciou Mendigo ao Ministério Público, que fez encaminhou a acusação à Justiça.

A LGBTfobia, hoje, é crime de racismo, com pena de um a três anos de prisão, podendo chegar até cinco anos de detenção, e é inafiançável.

Comentários estão fechados.